Compartilhe paixões criando 

Placas Divertidas

Rodinhas de papelão porque o André ama andar de bicicleta...
Personagens representando a avó e o irmão que o Luiz adora...


Pelo que nossos alunos são apaixonados? O que representa quem eles são? Como eles podem expressar isso de forma divertida e engajada com os colegas?

Envolva as crianças em uma atividade mão na massa em que eles têm uma oportunidade de ser ouvidos e conhecidos por meio da criação de placas representativas de si mesmos, e o compartilhamento de histórias significativas com os colegas. 

Não esqueça de criar a sua também! 

 
 

Materiais

Recicláveis

  • papel colorido ou cartolina

  • retalhos de papelão

  • tampinhas plásticas

  • retalhos de tecido

  • etc

Ferramentas e papelaria

  • canetinhas, giz de cera ou lápis de cor

  • cola

  • fita adesiva

  • fita crepe

  • cordão

Componentes eletrônicos simples (opcional)

  • LED

  • ​bateria 2 ou 3 volts

Passos para implementação

Veja como explorar a atividade

Imagine! 

Se eu pudesse representar a eu mesmo ou uma grande paixão, o que eu faria com esses materiais?

Dê boas vindas aos estudantes, envolvendo-os na temática da atividade e apresentando um exemplo. Que tal mostrar a eles uma placa que você educador(a) produziu previamente, contando um pouquinho sobre si?

1

2

Crie! 

Mão na massa!

Hora do fazer! Deixe os diferentes materiais disponíveis para que todos tenham liberdade sobre quais utilizar.

3

Compartilhe!

Hora de mostrar as placas e contar a história que existe nelas

Após cada grupo guardar os materiais não utilizados e limpar a sala, peça que cada aluno compartilhe o que fez, o motivo, e o que ainda faria se pudesse continuar ou usar diferentes materiais para sua criação.

 

Dica

Aproveite a etapa do compartilhamento para mediar a reflexão sobre o processo criativo e sua conexão com conteúdos, atitudes e habilidades que você gostaria que os alunos desenvolvessem.

Já experimentou

esta atividade? 

Clique aqui e comente com outros educadores.

 

©2020 por Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa e Grupo Lifelong Kindergarten, MIT Media Lab.